CAIM

Centro Cultural Banco do Brasil em São Paulo apresenta o espetáculo “Caim”, da obra de José Saramago

Com Henri Pagnoncelli, dramaturgia de Teresa Frota e direção de Jacyan Castilho, “Caim”, chega a São Paulo em 07 de dezembro.

“Eu não escrevo para agradar e tampouco escrevo para desagradar. Escrevo para desassossegar” – José Saramago

O espetáculo “CAIM”, que estreia dia 07 de dezembro, 19h, no Centro Cultural Banco do Brasil em São Paulo, é baseado no último romance de José Saramago, único Prêmio Nobel de Literatura da Língua Portuguesa. Adaptado para teatro pela dramaturga Teresa Frota, o monólogo é interpretado pelo ator Henri Pagnoncelli, em comemoração aos seus 50 anos de carreira, e dirigido por Jacyan Castilho. A peça integra a Programação Oficial das Comemorações do Centenário de José Saramago (que aconteceu de 16 de novembro de 2021 a 16 de novembro de 2022), tem o apoio institucional da Fundação José Saramago, de Lisboa e é o único espetáculo, com texto do escritor, a representar o Brasil. Com temporada de 07 a 18 de dezembro de 2022 e de 11 a 22 de janeiro de 2023, de quarta a sexta, às 19h e sábado e domingo, às 17h, com duração de 70 minutos, a história é contada na primeira pessoa e todas as personagens são interpretadas pelo ator-narrador. A palavra é a protagonista. O humor refinado do texto conduz o espectador por uma jornada atemporal e o desperta para uma nova maneira de perceber a si mesmo e a consequência de seus atos. Com seu estilo único, olhar curioso, crítico e irônico, José Saramago instiga o leitor à reflexão, a pensar além das palavras, das frases, a aguçar seus sentidos, questionar a realidade, a transitar por caminhos desconhecidos e enriquecedores. Ao receber este espetáculo, o CCBB reafirma seu objetivo de formar novas plateias, democratizar o acesso e contribuir para a promoção e ampliação da conexão dos brasileiros com a cultura.

Fotos: https://drive.google.com/drive/folders/1bTnYJP582TDlD6hHse9qIoDMrDu_zq5z?usp=share_link Vídeos: https://youtu.be/3Ldw8iGzDJw

CAIM

Local: Centro Cultural Banco do Brasil São Paulo

Endereço: Rua Álvares Penteado, 112 – Centro Histórico, São Paulo

Capacidade: 120 lugares

Estreia quarta, 07 de dezembro, 19h

Período Temporada:

De 07 a 18 de dezembro e de 11 a 22 de janeiro

Horário: Quarta a Sexta, 19h | Sábado e Domingo, 17h.

Ingressos: R$30 (inteira) e R$15 (meia) em bb.com.br/cultura e bilheteria do CCBB

Duração: 70 minutos

Classificação indicativa: 14 anos

Funcionamento: Aberto todos os dias, das 9h às 20h, exceto às terças Entrada acessível: Pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida e outras pessoas que necessitem da rampa de acesso podem utilizar a porta lateral localizada à esquerda da entrada principal.

Informações: (11) 4297-0600

 Estacionamento conveniado: O CCBB possui estacionamento conveniado na Rua da Consolação, 228 (R$ 14 pelo período de 6 horas – necessário validar o ticket na bilheteria do CCBB). O traslado é gratuito para o trajeto de ida e volta ao estacionamento. No trajeto de volta, tem parada na estação República do Metrô. As vans funcionam entre 12 e 21h. Transporte público: O Centro Cultural Banco do Brasil fica a 5 minutos da estação São Bento do Metrô. Pesquise linhas de ônibus com embarque e desembarque nas Ruas Líbero Badaró e Boa Vista. Táxi ou Aplicativo: Desembarque na Praça do Patriarca e siga a pé pela Rua da Quitanda até o CCBB (200 m).

bb.com.br/cultura | twitter.com/ccbb_sp | facebook.com/ccbbsp | instagram.com/ccbbsp ccbbsp@bb.com.br

FICHA TÉCNICA

Elenco: Henri Pagnoncelli

Idealização e Dramaturgia: Teresa Frota

Direção: Jacyan Castilho

Dramaturgia Sonora: Márcio Trigo

Desenho de Luz e Operação: Fernanda Mantovani

Direção de Arte: Analu Prestes

Design Gráfico: Madame De

Fotografia de cena: João Athaide

Fotos do programa: Cristina Granato

Produção Audiovisual: MPGCOM / Sal

Preparação Corporal: Jacyan Castilho

Assessoria de Imprensa: Morente Forte

Assistência de Direção: Maria Manuela Moog

Arranjos e Performance: Newton Cardoso

Confecção de Figurino: Nilda Moreira de Mello

Produção Executiva: Roberta Viana

Direção de Produção: Teresa Frota S

Supervisor de Projeto: Caio de Andrade

Realização: Prólogo Produções Artísticas

Assessoria de Imprensa Morente Forte – Beth Gallo 11 991362200 / bethgallo@morenteforte.com.br

Henri Pagnoncelli (ator) – é conhecido do público por interpretar personagens marcantes em novelas de grande sucesso como “Mulheres de Areia”, “Laços de Família”, “Orgulho e Paixão”, “Rico e Lázaro”, “Apocalipse” e “Gênesis”, entre muitas outras na TV Globo e na Record TV. “Valor da Vida”, novela gravada na TVI, em Portugal, atualmente está no ar na Band TV. Em sua respeitada trajetória teatral fez grandes personagens em textos de Shakespeare, Gorki, Brecht, Beckett, Nelson Rodrigues, Moliêre, Lorca, Dostoiésvki e outros grandes autores. Foi indicado a vários prêmios, entre eles o Prêmio Shell de Melhor Ator, a mais importante premiação brasileira. Atuando no Brasil e em Portugal, em 2012 se apresentou com o espetáculo “Doze homens e uma sentença”, encenação de Eduardo Tolentino de Araújo, no Teatro Nacional Dona Maria lI, em Lisboa; em Braga, no Theatro Circo; em Coimbra, na Escola da Noite e em Évora no Theatro Garcia de Rezende. Em 2013 integrou o elenco de “Bonitinha, mas ordinária”, de Nelson Rodrigues, encenação de Eduardo Wotzik, no Theatro Nacional São João, na cidade do Porto. Em 2019 esteve à frente de “O Melhor do Millôr, um sarau de humor”, textos de Millôr Fernandes, encenação de Eduardo Wotzik, como ator e produtor, no Teatro Independente de Oeiras. Em 2020 encenou e coproduziu o musical “Os Impagáveis”, premiado texto de Teresa Frota, a convite da Companhia do Teatro Independente de Oeiras, Lisboa. Neste ano de 2022 Henri comemora, com seu primeiro monólogo, 50 anos de uma bem-sucedida carreira.

Teresa Frota (dramaturga) – fundadora do Grupo Tapa, um dos mais importantes e longevos grupos de teatro brasileiros, surgido em 1976, no Rio de Janeiro e, atualmente, sediado em São Paulo. Roteirista da TV Globo por 20 anos, seus roteiros receberam inúmeros prêmios, entre eles duas indicações ao EMMY International Awards. Como dramaturga ganhou os principais prêmios nacionais, Funarte, Minc, Mambembe, Coca Cola, SATED, entre muitos outros. Seus textos para teatro tiveram várias montagens, tanto no Brasil como em Portugal. Em cinema foi corroteirista de “Getúlio, últimos dias” e “As Polacas”, ambos com direção de João Jardim e “A Última Chance”, dir. de Paulo Thiago). Seu nome está incluído no livro de Stephen M. Hart, A Companion to Latin American Literature. Em 2013, como atriz, integrou o elenco de “Bonitinha, mas ordinária”, de Nelson Rodrigues, encenação de Eduardo Wotzik, no Theatro São João, na cidade do Porto. Em 2019 seu texto “O Melhor do Millôr, um sarau de humor”, adaptação de textos de Millôr Fernandes, em parceria com Eduardo Wotzik, também encenador, estreou no Teatro Independente de Oeiras, Lisboa. Em 2020 seu premiado texto “Os Impagáveis” foi co-produzido pela Prólogo Produções e levado à cena pela Companhia do Teatro Independente de Oeiras, Lisboa, com encenação de Henri Pagnoncelli.

Jacyan Castilho (direção) – recentemente chegada da Alemanha onde apresentou, coordenou e dirigiu performances na Justus-Liebig Universitat (Giessen/RFA), tem PósDoutorado na UNIRIO e é coordenadora do curso de Direção Teatral da Escola de Comunicação da UFRJ e da Pós-Graduação em Artes Cênicas da UNIRIO. Recebeu várias indicações de prêmios, entre eles o Prêmio Brasken, Mambembe, Coca Cola e #interna Shell. Desenvolve sua linha de pesquisa com ênfase em interpretação, dança e pedagogia do teatro, como foco, principalmente, em artes do movimento, atuação, musicalidade da cena e consciência corporal. Autora do livro Ritmo e Dinâmica no Espetáculo Teatral, Coordenadora e autora de capítulo no livro Dança e Educação em Movimento. Trabalhou com importantes nomes das artes cênicas como Luis Arthur Nunes, Eduardo Wotzik, Renato Borghi, Walter Avancini, Ivan de Albuquerque, Walter Lima Júnior, Regina Miranda, Xavier Le Roy, entre outros.

Fernanda Mantovani (iluminação) – em mais de 20 anos de carreira recebeu indicações aos prêmios Shell, Zilka Salaberry, CBTIJ e APTR. Iluminou grandes produções como a XXI Bienal de Música Contemporânea e espetáculos no Teatro Municipal e na Sala Cecília Meireles, ambos no Rio de Janeiro. Trabalhou com diretores como Walter Lima Jr., Sérgio Módena, Domingos Oliveira, Eduardo Wotzik, Ernesto Picolo, Regina Miranda e Inez Viana.

Márcio Trigo (dramaturgia sonora) – escritor, roteirista, dramaturgo, compositor e diretor musical, é diretor de teatro, cinema e televisão. Em 25 anos na TV Globo dirigiu e roteirizou programas de todos os gêneros, recebendo o Prêmio Extra de Televisão e o Prêmio Especial do Montreux Comedy Awards. “Too Many Emotions” recebeu o Prêmio de Melhor Videoclipe no Rio Web Fest. Fundador do Grupo Teatral Manhas e Manias ganhou 8 prêmios Mambembe e os prêmios SNT e APCA. Com a Prólogo Produções fez a direção de “Nazareth”, curta documentário selecionado para 14 festivais nacionais e internacionais e ganhador dos prêmios Melhor Curta no Festival “Lionshead”, EUA, e Festival “Cine del Sur”, Colômbia.

Analu Prestes (direção de arte) – artista múltipla e plural é artista plástica, cenógrafa, figurinista, fotógrafa e atriz. Pelo seu trabalho como cenógrafa recebeu a Triga de Ouro, a maior premiação mundial em coreografia, na XI Quadrienal de Praga, e os prêmios Mambembe, Sharp e APTR. Como artista plástica já fez várias exposições de seus trabalhos como “Alumbramentos”, “Memórias Para Vestir” e a Mostra “Rendando a Primavera”. Como atriz recebeu todos os principais prêmios brasileiros, entre eles o SHELL, APTR e Cesgranrio.

Sobre o CCBB São Paulo

O Centro Cultural Banco do Brasil em São Paulo, iniciou suas atividades há mais de 20 anos e foi criado com o objetivo de formar novas plateias, democratizar o acesso e contribuir para a promoção, divulgação e incentivo da cultura. O CCBB SP valoriza a diversidade, múltiplas linguagens, ineditismo, relevância cultural e as expressões de brasilidade. Com uma programação regular e acessível a todos os públicos, que contempla as mais diversas manifestações artísticas e um prédio que por si só já é uma viagem na história e arquitetura, o CCBB SP é uma referência cultural para os paulistanos e turistas da maior cidade do Brasil.

Situs sbobet resmi terpercaya. Daftar situs slot online gacor resmi terbaik. Agen situs judi bola resmi terpercaya. Situs idn poker online resmi. Agen situs idn poker online resmi terpercaya. Situs idn poker terpercaya.

situs idn poker terbesar di Indonesia.

List website idn poker terbaik.

Permainan judi slot online terbaik

slot hoki terpercaya

agen bola terpercaya Agen bola bandar bola terbesar link judi slot judi online slot casino live skor