home Acervo FLUXORAMA

FLUXORAMA

Release

logo-ccbb

Banco do Brasil

 apresenta

 Deborah Evelyn, Emílio de Mello,

Luiz Henrique Nogueira e Marjorie Estiano

 em

FLUXORAMA

Com direção de Monique Gardenberg, texto de Jô Bilac estreia versão completa no Centro Cultural Banco

do Brasil Rio de Janeiro e propõe uma reflexão a respeito do homem contemporâneo e o fluxo da vida

 Quinta a domingo no CCBB RJ

 A diretora Monique Gardenberg foi convidada por Jô Bilac para dirigir a primeira encenação completa de sua obra Fluxorama, peça que surge de um processo de investigação da dramaturgia performativa. Tomando o ato de pensar como ponto de partida, a narrativa é constituída sob a ótica de personagens que vivenciam situações-limite e tornam-se reféns do fluxo de seus pensamentos e memórias, num curso ininterrupto de consciência.

A encenação toma como alicerce essa poética. A organização gráfica das palavras no papel e a pontuação formam uma espécie de dramaturgia concreta que determina a cadência da fala. O processo de pesquisa iniciou-se em 2009 e o texto tem sido foco de análise em oficinas de dramaturgia ministradas por Jô Bilac em Recife, Petrolina, São Paulo, Acre, Florianópolis, Joinville, Natal, João Pessoa e Campina Grande. Estes estudos geraram reflexões verticais e leituras diversas sobre a mesma obra, pluralizando sentidos, evidenciando o potencial de comunicação do texto.

A primeira parte de Fluxorama estreou em outubro de 2013 na cidade do Rio de Janeiro, em paralelo com Estocolmo, Suécia. Sucesso de público e crítica, o espetáculo foi eleito entre os dez melhores do ano de 2013 e rendeu ao autor uma indicação ao Prêmio APTR 2013 como melhor texto e a sua segunda indicação como Personalidade do Teatro no Prêmio Faz Diferença 2014, pelo O Globo (que elege os profissionais do Brasil que se destacaram em suas áreas), e o convite ao dramaturgo para a feira literária na Suécia, para representar a dramaturgia brasileira.

A segunda parte da pesquisa se deu com a montagem em Londres em 2014, ampliando a linguagem performativa da encenação. A terceira parte foi concluída com a publicação da obra pela universidade de Yale e a montagem em NY em parceria com Wooster Group.

A quarta e ultima parte do desdobramento do projeto tem São Paulo como porto e a parceria da editora Cobogó para a primeira publicação do texto em português.

A montagem de Monique Gardenberg conta com instalação de Daniela Thomas, trilha composta por Philip Glass, figurinos de Cássio Brasil e está dividida em quatro monólogos, quatro histórias distintas que juntas compõem o Fluxorama, que estreou em São Paulo em Julho de 2016.

No primeiro fluxo, AMANDA, interpretada por Deborah Evelyn, o público está diante de uma mulher com uma doença degenerativa misteriosa, que ao acordar se percebe surda e decide manter sigilo quanto ao seu estado. Com o passar das semanas Amanda vai perdendo outros sentidos vitais, redimensionando o tamanho da sua existência e suas escolhas na vida.

No segundo fluxo, LUIZ GUILHERME, interpretado por Luiz Henrique Nogueira, estamos diante de um acidente de carro: um homem numa estrada deserta, preso entre as ferragens do seu carro, tenta manter a consciência enquanto espera o resgate.  Através de suas lembranças mais recentes, se apega a pequenas e grandes questões que tangem sua vida, como o seu relacionamento, os bens que adquiriu, as contas a serem pagas, um balancete sem saldo final.

No terceiro, VALQUÍRIA, vivida por Marjorie Estiano, acompanhamos uma mulher que cruza o ano correndo pela primeira vez uma maratona, a São Silvestre da São Paulo.  Ao tentar superar os limites do seu corpo, seus pensamentos surgem como flashes desconexos a medida em seu desafio se transforma numa luta pela própria auto-estima.

O espetáculo finaliza com MEDUSA, texto ainda inédito, com o ator Emílio de Mello vivendo a tentativa desesperada de uma homem de meditar em meio ao caos urbano.  Ao tentar esvaziar a mente, a busca por um sentido na vida se coloca em seu caminho.

Indo além no interesse em redimensionar o prisma de criação e discussão estética no teatro, Jo Bilac propõe analogias menos segmentadas entre as artes. De um modo geral, Fluxorama tem interesse por gráficos e imagens que escapam do cerco científico, ao prospectarem lugares e espaços impossíveis (dentro e fora da cabeça). Os 4 fluxos se convergem para um único espetáculo, criando amarração entre o subversivo social e a intimidade da mente. Fluxorama se propõe a uma reflexão a respeito do homem contemporâneo e o fluxo da vida, que corre acima de sua existência, o tempo inexorável e os limites físicos (que revelam nossa condição animal perecível) se contrapõe com a capacidade do homem de se angustiar com a grandeza da sua própria existência.

Ficha Técnica

Texto: Jô Bilac

Direção: Monique Gardenberg

Com: Deborah Evelyn, Emílio de Mello, Luiz Henrique Nogueira e Marjorie Estiano

Música Original: Philip Glass

Cenário: Daniela Thomas e Felipe Tassara

Figurino: Cassio Brasil

Iluminação: Monique Gardenberg

Coordenação Cenografia: Camila Schmidt

Imagens Projeção: Albino Papa

Assistente de Direção: Mila Portella

Assistente de Direção em Valquíria: Kiko Mascarenhas

Preparação Corporal em Valquíria: Renata Melo

Programação Visual: Vicka Suarez

Fotos: Caio Gallucci

Assessoria de Imprensa: Morente Forte

Redes Sociais: Cubo Web (Dani e Luciano Angelotti)

Produtoras: Selma Morente e Célia Forte

Produção local RJ: Ciranda de 3 Trupe Produções / Dadá Maia

Assistente de Produção: Bárbara Santos

Produção: Morente Forte Produções Teatrais

Assessoria de imprensa do espetácul

Morente Forte  imprensa@,morenteforte.com.br  | (11) 3255.6183

Assessoria de imprensa Centro Cultural Banco do Brasil

Bianca Mello biancamello@bb.com | (21) 3808-2326

Serviço

FLUXORAMA

CCBB Rio – Teatro I (175 lugares)

Rua Primeiro de Março, 66 – Centro

Telefone: (21) 3808.2020 | www.bb.com.br/cultura

Twitter.com/ccbb_rj | facebook.com/ccbb.rj

 

Quinta a Domingo às 19h

 Ingressos: R$ 20

Duração: 80 minutos

 Recomendação: 14 anos

Estreou dia 22 de Julho de 2016 em São Paulo

Estreou dia 26 de Janeiro de 2017 no CCBB RJ

 Temporada: até 12 de Março

117 thoughts on “FLUXORAMA

  1. Excellent weblog right here! Also your website a lot up fast! What host are you using? Can I am getting your associate link to your host? I wish my site loaded up as quickly as yours lol|

Comments are closed.

Situs sbobet resmi terpercaya. Daftar situs slot online gacor resmi terbaik. Agen situs judi bola resmi terpercaya. Situs idn poker online resmi. Agen situs idn poker online resmi terpercaya. Situs idn poker terpercaya.

situs idn poker terbesar di Indonesia.

List website idn poker terbaik.

Permainan judi slot online terbaik

slot hoki terpercaya

agen bola terpercaya Agen bola bandar bola terbesar link judi slot judi online slot casino live skor