home Em Cartaz O BOTE DA LOBA

O BOTE DA LOBA

Release

Anette Naiman e Dani Moreno

em

O BOTE DA LOBA

De Plínio Marcos

Direção Marcos Loureiro

Toda Quarta no Teatro de Arena Eugênio Kusnet

Parte do Projeto Ocupação Plinio Marcos, que vem acontecendo desde 2014 no Teatro Garagem, encenação do penúltimo texto do polêmico autor marca a parceria do diretor Marcos Loureiro com a atriz Anette Naiman e agora conta com a atriz convidada Dani Moreno.

 

Plínio Marcos é considerado um dos maiores dramaturgos brasileiros. Sua obra O Bote da Loba foi escrita em 1997, e permaneceu inédita por quase 20 anos até a montagem realizada pelo Teatro Garagem em 2016. Esta obra, que integra o Projeto Noites Sujas que ocupará até o fim do mês de julho o Teatro de Arena, aborda o universo feminino sob a ótica de duas mulheres que se encontram para uma sessão de tarô. Veriska (Anette Naiman), a maga vidente, através dos seus poderes místicos, tentará ajudar a cliente Laura (Dani Moreno), mulher casada e reprimida, a libertar-se de suas angústias e de seu sofrimento.

Penúltimo texto escrito pelo polêmico dramaturgo em 1997, dois anos antes de sua morte, O Bote da Loba traz à tona temas e questões atuais de extrema relevância para nossa sociedade. A obra gira em torno, principalmente, da questão do prazer feminino, reprimido por tantos milênios e considerado como “tabu” até os dias de hoje, abordando o encontro entre o prazer feminino, proibido historicamente com a perpetuação de uma cultura misógina, machista e patriarcal, e o conhecimento do corpo feminino, onde há uma protagonização de tal busca por duas mulheres. De acordo com o autor, seus textos poderiam ser utilizados como referência para a percepção temporal do desenvolvimento da sociedade brasileira. Plínio foi um homem de seu tempo, retratou aquilo que vivenciava cotidianamente, observando e registrando a visão da sociedade de sua época. Seus textos podem ser utilizados como documentos históricos, pois retratam valores, costumes e pensamentos do passado, de um tempo de uma sociedade, e comprovam se a sociedade brasileira, ao longo dos anos, progrediu e caminhou para a modernização de um pensamento social. Consequentemente, seus textos tornaram-se clássicos da dramaturgia brasileira.

Em 2016, o Teatro Garagem celebrou seus 12 anos de existência com a estreia deste texto, até então inédito, que também faz parte do projeto “Ocupação Plinio Marcos no Teatro Garagem” que atualmente conta com o espetáculo Navalha na Carne em cartaz. Ambos com direção de Marcos Loureiro e com a participação da atriz e idealizadora do projeto Ocupação Plinio Marcos, Anette Naiman, interpretando a antológica prostituta Neusa Sueli, de Plinio.

Ficha Técnica

Direção, luz e sonoplastia: Marcos Loureiro

Elenco: Anette Naiman e Dani Moreno

Figurino: Anette Naiman e Dani Moreno

Assessoria de imprensa: Morente Forte (da peça) e Adriana Monteiro (do teatro / Projeto Ocupação Noites Sujas)

Fotos: Priscila Prade

Arte: André Kitagawa

Apoio: Pop Vegan Food

Realizacão: Teatro Garagem

 

Serviço

O BOTE DA LOBA

Teatro de Arena Eugênio Kusnet (99 lugares)

Rua Dr. Teodoro Baima, 94 – Vila Buarque

Informações: (11) 3256-9453

Bilheteria: abre uma hora antes do espetáculo. Pagamento somente em dinheiro pela Funarte e em cartão de débito e crédito pela produção. Acesso para cadeirantes.

Quartas às 20h

 Ingressos: R$ 20

 

Duração: 60 minutos

Recomendação: 18 anos

Gênero: drama

Estreou dia 22 de maio

Temporada até dia 25 de julho

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *