home Acervo SAMBA FUTEBOL CLUBE

SAMBA FUTEBOL CLUBE

Release

Alan Rocha, Daniel Carneiro, Gabriel Manita, Jonas Hammar,

Marcel Octavio, Pedro Lima, Rodrigo Lima e Sergio Dalcin

 em

 SAMBA FUTEBOL CLUBE

Um musical de Gustavo Gasparani

Direção musical Nando Duarte

 

Quinta a domingo no Teatro Unimed

 

Finalmente em São Paulo o espetáculo que conta e canta a relação da Música Popular Brasileira com o Futebol, entrelaçando músicas de Pixinguinha a Skank, com textos e crônicas de Nelson Rodrigues a Carlos Drummond de Andrade

 

Com roteiro e direção de Gustavo Gasparani, o musical Samba Futebol Clube une duas paixões brasileiras: a música e o futebol. Espetáculo multimídia, que estreou no Rio de Janeiro em 2014, mistura música, teatro, dança e vídeo. Samba Futebol Clube foi montado no Centro Cultural Banco do Brasil RJ como o principal evento de artes cênicas do ano da Copa do Mundo no Brasil e foi o mais premiado espetáculo carioca naquele ano: 40 indicações e 10 prêmios no total. Ganhou dois Prêmios Shell nas categorias “ator” (por todo o elenco) e “direção musical”, após seis indicações. Recebeu ainda dois Prêmios Cesgranrio como “melhor diretor” e “melhor coreógrafo”, com também seis indicações. Por fim, recebeu dois Prêmios APTR, por “melhor autor” e “melhor espetáculo”, dois prêmios Reverência, nas categorias “diretor” e “ator” (por todo o elenco) e dois Prêmios Botequim Cultural nas categorias de “melhor autor” e “melhor diretor”. Além da temporada no CCBB, o projeto também esteve em cartaz nos Teatros Carlos Gomes e Leblon, no Rio de Janeiro, e participou do Festival de Curitiba e Festival de Inverno do Sesc, em Friburgo. Em 2018, espetáculo realizou uma turnê pelas cidades de Brasília, Goiânia e Cuiabá, com patrocínio da Petrobras.

Em cena oito atores/músicos, apaixonados por futebol, formam um time de jogadores e torcedores que se revezam numa narrativa dramático-musical enquanto tocam todos os instrumentos, ao vivo, como parte da encenação. Este mesmo elenco também fez os musicais “Gilberto Gil – Aquele Abraço” e “Bem Sertanejo”, ambos com texto e direção de Gustavo Gasparani, e juntos formam um coletivo de teatro há 6 anos.

Se o futebol fosse um esporte silencioso, sem cantoria, sem estádios, hinos e até aquela trilha que embala os melhores momentos da torcida, provavelmente seria algo muito chato. E o que seria da MPB sem a inspiração dos mágicos dribles dos nossos craques? A ligação entre futebol e música é tão bela e entrosada quanto Pelé e Garrincha. Ou Tom Jobim e Vinicius de Moraes. Para fazer o roteiro do musical, Gasparani se baseou na pesquisa de João Pimentel sobre a história, textos e crônicas relacionadas ao futebol.

Centenas de músicas abordam o tema: hinos dos clubes, músicas que relacionam o futebol ao cotidiano e ao comportamento, crônicas de jogos e conquistas, cantos de torcidas, etc. O jeito do brasileiro de falar, andar, dançar e se apaixonar reverbera o que acontece dentro das quatro linhas.  O universo do futebol está lá: o da roça, o da infância, a bola, o gol, o estádio, as disputas das torcidas, a decisão do pênalti, as regras… – brincando e teatralizando o futebol.

O roteiro traz o quê de música e poesia que o futebol nos deu. Retrata sua ligação com a MPB, a partir do samba, e une citações de textos e crônicas sobre o tema de José Lins do Rego, Paulo Mendes Campos, Armando Nogueira, Nelson Rodrigues, Carlos Drummond de Andrade e Ferreira Gullar. As canções ora são cantadas, ora são ditas como texto, criando, assim, um diálogo entre as letras e os textos destes mestres. As histórias sobre o futebol vão sendo contadas, acompanhando a linha evolutiva da música brasileira, começando por “Um a Zero” de Pixinguinha, passando por outros clássicos memoráveis como “Touradas em Madri” (Braguinha/Alberto Ribeiro), “Praia e Sol (Maracanã Futebol)” (Bebeto/Adilson Silva), “Na Cadência do Samba” (Luís Bandeira), “Fio Maravilha” (Jorge Benjor), “Samba do Ziriguidum” (Jadir de Castro/Luis Bittencourt), “Povo Feliz (Voa Canarinho) (Memeco/ Nonô)”, “Pra Frente Brasil” (Miguel Gustavo) e “Aqui é o País do Futebol” (Milton Nascimento/Fernando Brant), num total de 42 canções.

Para a temporada de São Paulo, foram incluídos um samba de Adoniran Barbosa e outro de Germano Mathias, além da adaptação em relação aos times: Corinthians x Palmeiras aqui terão maior destaque do que o clássico Fla x Flu que embalou a temporada carioca.

Utilizando elementos do jogo, da música brasileira e da dança do futebol, o espetáculo traz vídeos com tratamento pop – numa mistura de linguagens e imagens de jogadores e jogadas importantes – que ilustram as histórias entrelaçadas por músicas e textos. O samba, que é a base da nossa música, está lá, mas nos leva à bossa-nova, ao choro e ao rock, ao sertanejo universitário e até ao hip hop.

A direção de movimento, assinada por Renato Vieira, parte dos gestos dos próprios jogadores e torcedores, transpondo e recriando este balé popular tão familiar aos brasileiros para as dimensões do teatro musical. O maestro é Nando Duarte, diretor musical de vários espetáculos de Gasparani.

Samba Futebol Clube retrata a alma do brasileiro. É um espetáculo que conta a relação da MPB com o Futebol de forma divertida, promovendo imensa integração entre palco e plateia. O espetáculo nos mostra como o futebol se tornou um instrumento de identidade da nossa gente a partir de situações dramáticas que trazem à cena não só a música brasileira que fala de futebol, mas o movimento, a dança e a transposição das regras e idiossincrasias do futebol para o nosso cotidiano. Reflete, através do futebol, sobre a fragilidade humana diante da derrota e da vitória. Assim como escreveu o poeta Drummond: “Ganhar, perder, viver”.

Ficha Técnica

Roteiro e direção: Gustavo Gasparani

Elenco: Alan Rocha, Daniel Carneiro, Gabriel Manita, Jonas Hammar, Marcel Octavio, Pedro Lima, Rodrigo Lima e Sergio Dalcin

Direção musical: Nando Duarte

Direção de movimento: Renato Vieira

Cenografia: Marcelo Lipiani

Figurino: Marcelo Olinto

Iluminação: Paulo Cesar Medeiros

Cenografia digital: Thiago Satuffer/Studio prime

Arranjos e preparação vocal: Maurício Detoni

Assessoria de Imprensa: Morente Forte Comunicações

Direção de produção: Amanda Menezes

Coordenação: Maria Angela Menezes

Produção: Coisas Nossas Produções Artísticas e Tema Eventos Culturais

Realização: Ministério da Cidadania e Lei Federal de Incentivo à Cultura

Patrocínio: Furnas

Serviço

SAMBA FUTEBOL CLUBE

TEATRO UNIMED (223 lugares)

Alameda Santos, 2159 – Jardim Paulista

Bilheteria: De quinta a sábado, das 13h30 às 21h30. Domingos das 10h30 às 18h30

Vendas: www.eventim.com.br e (11) 4020.0084

 

Quinta, sexta e sábado às 21h | Domingo às 18h

Ingressos:

R$ 100 (plateia) | 50 (balcão)

 

*Apresentações com Libras toda quinta, dias 14, 21 e 28 de novembro*

 

Duração: 120 minutos

Classificação: 12 anos

Gênero: musical 

 

Estreou dia 08 de novembro de 2019

Temporada: até 01 de dezembro

52 thoughts on “SAMBA FUTEBOL CLUBE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Situs sbobet resmi terpercaya. Daftar situs slot online gacor resmi terbaik. Agen situs judi bola resmi terpercaya. Situs idn poker online resmi. Agen situs idn poker online resmi terpercaya. Situs idn poker terpercaya.

situs idn poker terbesar di Indonesia.

List website idn poker terbaik.

Permainan judi slot online terbaik

slot hoki terpercaya

agen bola terpercaya Agen bola bandar bola terbesar link judi slot judi online slot casino live skor