home Acervo SOROR

SOROR

Release

Daniel Infantini, Fernanda Nobre,

Geraldo Rodrigues e Luisa Micheletti

em

SOROR

Texto Luisa Micheletti

 Direção Caco Ciocler

Última semana no Sesc Ipiranga

Sororidade, ou fraternidade entre mulheres, é um dos principais pilares que fundamenta a luta pela igualdade de gênero. Daí surge o título da montagem, SOROR, ou irmã, que coloca lado a lado as duas figuras femininas e polarizadas da gênese judaico-cristã: Eva, a oficial, e Lilith, a oculta.

A fina lâmina do patriarcado tende a dilacerar a amálgama capaz de unir os arquétipos da mulher completa, da fêmea íntegra, amorosa & indomável, acolhedora & competente, conselheira & astuta. O patriarcado foi muito eficaz em difamar certas facetas do feminino em nome de moralizar as mulheres e torná-las incapazes de acessar seu próprio poder. Puta ou santa, bela ou mãe, indecente ou respeitável, vulgar ou nobre… antíteses e mais antíteses desagregadoras que empurram a mulher rumo às tristes bifurcações psíquicas que em vez de torná-las mais fortes, as tornam dependentes da “metade que falta”, do velho complexo de Cinderela. A montagem reapresenta os arquétipos essenciais da gênese, Eva e Lilith, como luz e sombra, dispostas a reunir suas partes, dar cabo de uma mentalidade antiga representada por um Deus patriarcal e criar uma nova maneira de existir dentro de sua recém-nascida existência onde a luz dá a mão à sombra e a virtude se une ao poder.

Lilith, a primeira mulher do mundo segundo interpretações da gênese, criada do pó e da lama, se recusa a ser submissa ao companheiro Adão no Éden recém-inaugurado. Surpreso com a natureza imprevisível e rebelde da parceira e incapaz de lidar com sua autonomia, o primeiro homem chama pelo pai e ordena que ele providencie outra mulher. Deus, ares de alto executivo, surge em cena numa sequência de palestras estilo TEDx, nas quais discorre sobre cosmologia, física quântica e a possível integração das duas ciências. Refém de sua própria criação, como costumam ser os gênios, acata ao pedido do filho e fabrica Eva: bela, recatada, obediente, acolhedora. No entanto, da mesma maneira que Deus pretende encurtar a distância entre as leis físicas que regem o macro (cosmologia) e o micro (física quântica), Eva e Lilith se aproximam e aos poucos estabelecem inesperadas conexões morais, filosóficas e de humor. As duas mulheres se tornam companheiras, irmãs, parentes de sangue. O encontro desatrela seus eixos da figura masculina e juntas descobrem suas preferências, aptidões, vontades, estímulos. Para que o mundo dê conta de sua união, só resta criar novas regras. Lilith e Eva.

Link fotos divulgação:

https://www.dropbox.com/sh/1bohhk9rrbzkdq0/AAAbbstovLk0kU1cBoL5nv7Xa?dl=0

Crédito Edson Kumasaka

Ficha Técnica

Texto: Luisa Micheletti

Direção: Caco Ciocler

Elenco: Daniel Infantini, Fernanda Nobre, Geraldo Rodrigues e

Luisa Micheletti

Cenário e figurino: Cássio Brasil

Iluminação: Alini Santini

Trilha Sonora: Felipe Gritz

Assistente de direção: Eduardo Estrela

Assessoria de cenografia: Bosco Besechi

Colaboração de dramaturgia: Eme Barbassa

Designer: Luciano Angelotti

Fotografia: Edson Kumasaka

Assessoria de comunicação: Morente Forte

Direção de Produção: Dani Angelotti

Produção: Cubo Produções

Serviço

SOROR

 SESC IPIRANGA (200 lugares)

Rua Bom Pastor, 822

Informações: 3340-2000

Bilheteria: Terça a sábado, das 9h às 21h. Domingos e feriados, das 9h às 18h

Vendas online a partir de 26/03, às 12h

Vendas na bilheteria a partir de 27/03 às 17h30

Ingressos à venda pelo Portal sescsp.org.br e em toda rede Sesc SP

 

Sexta e Sábado às 21h | Domingo às 18h

 Ingressos: R$ 30

R$ 15 (meia-entrada: estudante, servidor de escola pública, +60 anos, aposentado e pessoa com deficiência)

R$ 9 (credencial plena: trabalhador no comércio de bens, serviços e turismo matriculado no Sesc e dependentes)

*Não haverá sessão dia 19 de abril*

** Sessão extra dia 01 de maio**

Duração: 80 minutos

Recomendação: 18 anos

Gênero:

Estreou dia 05 de abril de 2019

Curta Temporada: até 05 de maio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *